Image for post
Image for post
Photo by Perry Grone on Unsplash

João 13.1–17 registra um episódio bastante conhecido da vida de Jesus. Os discípulos, preocupados em preparar a ceia, esqueceram-se de providenciar alguém para lavar os pés de quem entrava para a ceia. Talvez até tenham se lembrado, mas ninguém tomou a iniciativa de fazê-lo. É quando Jesus se levanta e lava os pés dos discípulos, para surpresa de todos. Foi uma oportunidade para o Mestre lhes dar um ensinamento concreto sobre o serviço. Líderes servos iguais à Cristo possuem características que aprendemos neste episódio.

Motivados pelo amor: o amor fazia Jesus servir. Amor sem reservas, sem fim e incondicional

Segurança: Líderes servos possuem uma tal segurança, que permite que os outros sirvam também. Os inseguros apegam-se a títulos, os seguros pegam em toalhas, com Cristo.

Iniciativa: Líderes servos tomam a iniciativa em servir. Jesus não ficou esperando alguém servir, ele levantou e passou a fazê-lo.

Sabem ser servidos: Pedro recusou ser servido. O coração de um servo revela o orgulho que há nos outros.

Buscam relacionamento com Deus: Por seu relacionamento diário com Deus, de oração e meditação, Jesus foi capaz de servir genuinamente.

Ensinam pelo exemplo: Jesus mostrou que ele, o Cristo, o Mestre, não se intimidou diante da tarefa que, popularmente, era de um serviçal. Ele foi e serviu.

Têm uma vida abençoada: Jesus recordou aos seus discípulos que a base de uma vida abençoada é a obediência a Deus.

Texto escrito para o Curso Básico de Liderança Cristã (Baixe a apostila completa aqui)

Written by

💻 Escritor | ✝️ Pastor | 🖥️ Design | Mais informações: https://cafecomalecrim.com.br

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store