O que vocês tanto debatem?

Menos treta, mais fogo

O texto do Evangelho sobre os discípulos no caminho de Emaús é rico em muitas lições e, dentre elas, uma me chamou muito atenção. O fato é que os discípulos saíram de Jerusalém, após a morte de Jesus, e conversavam sobre o que havia acontecido ao mestre. Num determinado pedaço do caminho, Jesus se junta a eles, mas eles não o reconhecem.

A pergunta que o ressurreto faz aos dois é uma provocação para nós, cristãos do século XXI. O que a gente tanto debate na internet, nas aulas de escola dominical, nos encontros de células, de pequenos grupos, de estudo bíblico? Todo debate que promovemos, nos envolvemos e nos satisfazemos em fazer parte, o que ele gera? Temos investido muito tempo em debater, firmar posição, definir fronteiras da nossa teologia, da nossa prática de fé, e temos calado pouco para ouvir o que Jesus tem a nos dizer.

Então os olhos deles foram abertos e o reconheceram. Nesse momento, ele desapareceu. Disseram um ao outro: “Não ardia o nosso coração quando ele falava conosco no caminho e nos explicava as Escrituras?”. E, na mesma hora, levantaram-se e voltaram para Jerusalém. (Lucas 24.31–33a)

Num determinado momento do caminho, já anoitecendo e temendo o perigo da estrada, eles resolvem parar numa hospedaria, Jesus ia seguir adiante, mas foi convencido a ficar. Após ouvirem o ensino do Mestres, eles queriam ficar em sua presença e aprender mais dele.

Quando silenciamos os nossos debates e deixamos que Cristo fale, a vida acontece. Mais que vencer debates, somos chamados a calar nossos lábios e dedos e abrirmos nossos ouvidos e olhos para o que Jesus tem a nos dizer. Quando Jesus fala, nosso coração arde, há fogo do Espírito em nós. Quando Jesus está conosco, há ação de graças, alegria e comunhão. Quando Jesus se revela, há proclamação, não tememos os perigos, pois o próprio Cristo está conosco.

Não faça das redes sociais o alimento da sua fé, a fonte da sua comunhão e nem o local da adoração. As redes sociais são bênção como meio de adquirir conhecimento, mas a fé, a comunhão e a adoração foram feitas para serem vividas em comunidade, lado a lado, olho no olho, com o coração em chamas e enfrentando os perigos para proclamar que Jesus vive!

Written by

💻 Escritor | ✝️ Pastor | 🖥️ Design | Mais informações: https://cafecomalecrim.com.br

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store