Pois minha testemunha é Deus, da saudade que tenho de todos vós, na terna misericórdia de Cristo Jesus. (Filipenses 1.8)

O apóstolo Paulo evoca Deus como testemunha da saudade que sente dos irmãos de Filipos. Esta saudade o leva a dar graças a Deus e a orar por aqueles irmãos, além de encorajá-los a aumentar o amor de Deus, afim de que deem frutos de justiça diante de Deus.

Paulo não emite palavras de encorajamento vazias. Não são frases de auto ajuda. Ele fundara a Igreja de Filipos em sua segunda viagem missionária (Atos 16.12–40) e formara ali uma liderança capaz de anunciar o evangelho com base sólida na Palavra. Portanto, Paulo conhecia aquele povo e sabia muito bem que a semente ali plantada era boa, tanto que roga pelo crescimento constante da comunidade, incentivando-os a buscar o vínculo do amor como meio de desenvolvimento da comunidade.

Este é o exemplo para nós, líderes cristãos, nos dias de hoje. O incentivo pelo incentivo é mera auto ajuda, sem base sólida. O incentivo calcado pela amizade e convívio constante é recebido como palavra viva, pois sabe-se o que se fala e se recomenda. O nosso desafio é nos aproximarmos de nossos liderados a ponto de desenvolvermos amizades sadias e, assim, incentivá-los a seguir adiante na missão de construir o Reino de Deus. Vamos nos ligar uns aos outros, encorajando com sinceridade e com frequência, sabendo bem que o nosso alvo é Cristo e vamos para lá juntos, jamais separados.

Que Deus nos abençoe

Written by

💻 Escritor | ✝️ Pastor | 🖥️ Design | Mais informações: https://cafecomalecrim.com.br

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store