Escape das armadilhas das redes sociais e viva mais leve

tecla de computador ESC, abreviação para “escape”, escapar, é a motivação do que você lê e é a síntese da minha relação com as redes sociais no momento.

Qual a necessidade que temos de estar tão conectados? Tenho me feito esta pergunta diariamente. Lido com meu vício em eletrônicos e como é difícil permanecer desconectado. A vida nos intima a estarmos ligados o tempo todo. As pessoas, poucas atualmente, com quem convivo falam sobre o que se publica e comenta nas redes sociais. Dia primeiro de março publiquei um texto em que afirmava diminuir o uso das redes. Hoje já excluí minhas contas pessoais no Facebook e Twitter.

Quais foram as consequências de parar o uso pessoal das redes?

Até o momento tenho tido mais tempo para mim mesmo. Algo raro e escasso. Estou aprendendo a me entender melhor e a compreender como a ansiedade pode ser controlada. Não sou mais inundado de informações que não fazia questão de saber ou que me faziam mal, nem leio mais textos que precisava verificar a autenticidade e plausabilidade dos mesmos.

Outra consequência foi a de deixar de dar minha opinião. Há uma diferença clara entre escrever um texto como este e um ‘tweet’ de 280 caracteres. O ‘tweet’ precisa de concisão e pouca maturação. O presente texto vinha sendo pensado há três semanas e as ideias sendo testadas e repensadas. É o famoso “pensar antes de falar” aplicado às redes sociais.

Além de deixar de escrever, comecei a entender que buscar aprovação visual do que faço não é um bom caminho para lidar com a ansiedade e necessidade de aceitação social. O Instagram foi uma rede que eu inundei de ideias. Até que decidi dar um fim em tudo.

Conseguiu identificar as armadilhas? Eis algumas:

  • Impulsividade
  • Necessidade de estar certo
  • Aprovação a qualquer custo
  • Informações desconexas
  • Meias-palavras

O que você pode fazer?

Não escrevi o presente texto para te convencer a deixar de usar as redes sociais, para isso, recomendo a leitura de Dez Argumentos Para Você Deletar Agora Suas Redes Sociais (tem para Kindle). Escrevi para te dizer que existem outras formas de se relacionar com elas. O falso senso de urgência em que elas nos colocam constantemente é só um dos problemas. Não sabemos ler, nem interpretar, nem escrever. Cria-se confusões sem necessidade. Problemas sem soluções. Tudo gira em torno das polêmicas do momento. Como lidar com isso tudo? Não tem como. Só se afastando e dizendo não para essa loucura toda.

O meu desejo é que você encontre uma maneira de conviver com as redes de maneira saudável. Caso não consiga perceber a insanidade em que está inserido, não é estranho, quando estamos no meio do problema não percebemos como realmente é o problema. No que o Twitter, Facebook e Instagram estão nos transformando? É saudável? Humano? A resposta é com você. Eu escolhi sair e me relacionar de uma forma diferente com elas. Até o momento tem funcionado muito bem para mim. Desejo-te sorte e saúde emocional nessa jornada.

Pastor, escritor e apaixonado por tecnologia | Aprendendo com Jesus a leveza de viver | Pastor desde 2006 | Escritor desde 2007 | https://giovannialecrim.com.br

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store